percebi uma coisa…

O Sandro abandonou isso aqui… e eu também 😛

Anúncios

Ai… Ai… as bolhas de sabão

“Creio que aqueles que mais entendem de felicidade são as borboletas e as bolhas de sabão… Ver girar essas pequenas almas leves, loucas, graciosas e que se movem é o que,de mim, arrancam lágrimas e canções. Eu só poderia acreditar em um Deus que soubesse dançar. E quando vi meu demônio, pareceu-me sério, grave, profundo, solene.Era o espírito da gravidade. ele é que faz cair todas as coisas. Não é com ira, mas com riso que se mata. Coragem! Vamos matar o espírito da gravidade! Eu aprendi a andar. Desde então, passei por mim a correr. Eu aprendi a voar. Desde então, não quero que me empurrem para mudar de lugar. Agora sou leve, agora vôo, agora vejo por baixo de mim mesmo,agora um Deus dança em mim!”

Friederich Nietzsche

Herick…

Balões Interessante como conseguimos disperdiçar tempo, com algo que sabemos que nunca vai dar em nada, persistimos e persistimos até quebrar a cara. Assim depois de quebrada a cara, recolhemos os caquinhos e colamos tudo denovo, para voltar novamente na mesma coisa. O ser humano vive em média 80 anos, sendo que a maior parte desse tempo ele passa persistindo nessas coisas que nunca vão dar em nada, e o pior é que persistimos sem parar um unico minuto para poder refletir e pensar a respeito, só nos damos esse tempo quando já se passaram muitos e muitos anos e vemos que realmente depois de quebrar a cara umas 567356737 milhões de vezes os caquinhos se tornaram tão pequenos que ficou impossivel de colar novamente e é ae que nos arrependemos, é ai que dizemos : ” poxa vida se eu tivesse feito isso, talvez acontecesse aquilo.. e bla bla bla ” Dentre essas coisas que adoramos persistir é a busca da pessoa perfeita. Paremos para pensar. A Pessoa Perfeita, se existe, não é um ser humano e concerteza não pertence a esse planeta, então para começar o correto seria o ET Perfeito ou quem sabe o Ser Perfeito. Afinal segundo meus conhecimentos, que estão longe de serem perfeitos, os unicos seres próximos aos seres humanos e que são considerados perfeitos, vivem acima do céu e nunca tiveram contato direto com um Humano, e advinhem porque ? …. Porque não existem Pessoas Perfeitas.Você pode dizer o que quiser, se basear no que bem entender, mas a perfeição nunca existiu e nunca vai existir, mesmo porque aqueles que deram o conceito a palavra perfeito foram nós, e estamos longe de sermos perfeitos. Então como conceituar uma coisa que nunca saberemos o que é e como é ? Interessante não ? Essa pessoa que buscamos nada mais é que um reflexo do que não somos ou que gostariamos de ser, buscamos alguém que tenha a capacidade e pasciência de aturar nossos defeitos e imperfeições, alguém que nos fassa sentir e perceber o mundo ao nosso redor, ao invés de ficarmos persistindo em coisas que nunca vão dar em nada. Por isso se usassemos esse tempo que disperdiçamos, buscando a Pessoa Perfeita e sermos Perfeitos, e vivessemos as coisas simples e imperfeitas que a vida nos propõe, pode ter certeza que depois de muitos e muitos anos, você ira dizer: ” Cara, viveria tudo isso novamente! ” Afinal a única coisa que ira encontrar buscando Perfeição é Lamentação.

Sandro…

1206911505_f

Manuel Bandeira…

Arte de amar

Se queres sentir a felicidade de amar, esquece a tua alma.
A alma é que estraga o amor.
Só em Deus ela pode encontrar satisfação.
Não noutra alma.
Só em Deus – ou fora do mundo.
As almas são incomunicáveis.


Deixa o teu corpo entender-se com outro corpo.
Porque os corpos se entendem, mas as almas não.

Paulo Henrique…

Balões.

Esta historia, foi contada por um velho sábio palhaço de uma vila muito, mas muito, muito distante chamada Vila Cambalhota.

Esse sábio contou um dia, que esta vila era do lado de um condado chamado Vale dos apaixonados. Eram dois povos que não se davam muito bem. Os palhaços insultando os apaixonados, dizendo que eram bregas, que onde já se viu enviar rosas para sua amada, e que Margaridas de plástico que espirram água eram muito mais divertidas. E os apaixonados dizendo que um casal de pombinhos ficarem um chutando a bunda do outro não era nada romântico. Virou aquela zorra.

Chegou ao ponto desses dois povos entraram em guerra. Os apaixonados armados com suas rosas cheias de espinhos, e os palhaços com suas bexigas em forma de espada. Um trágico fim seria inevitável.

Foi quando o velho sábio palhaço chamou o oráculo do amor para uma conversa final.  Foram horas e horas, e horas, e horas, e horas de muito papo. E sabe que descobriram que esses dois povos tinham muitas semelhanças? E chegaram à conclusão que se existiam tantas semelhanças para serem conversadas e aproveitadas, para que iriam guerrear suas poucas diferenças. Foi quando a guerra acabou.

Foi quando baixaram um decreto, uma lei, uma ordem, uma regra. Que todos deveriam seguir.  Que dizia assim.

Assim como um palhaço faz suas palhaçadas todos os dias, os apaixonados amam todos os dias.

Assim como um apaixonado as valoriza seus gestos de carinho, um palhaço valoriza um lindo sorriso e olhinhos brilhando.

Assim como a amada se derrete com os elogios dos apaixonados, a platéia se encanta com o palhaço.

Foram anos de paz. Mas como nada dura pra sempre, há sempre um momento que a rotina chega. Os apaixonados que se cansaram de dedicar-se a suas amadas, os palhaços se cansaram de contar as mesmas piadas. Foi que começaram as dores de amor e os sorrisos amarelos da platéia.

Mas mesmo que isso aconteça. Mesmo que o amor já não brilha mais e o sorriso já não encanta, mesmo assim o apaixonado não perde a capacidade de amar, assim como o palhaço não perde a capacidade de fazer alguém sorrir.

Mas, e quando um palhaço se apaixona por uma apaixonada e uma apaixonada se encanta por um palhaço? Que para ela talvez as palhaçadas dele pudessem ter rosas de verdade e não de plásticos que espirram água, e para o palhaço o amor dela poderia ter um pouco mais de cambalhotas e chutes na bunda.

Virou aquela confusão. Já começaram os insultos novamente. Os apaixonados apontando o dedo no nariz vermelho dos palhaços. Os palhaços arrancando as pétalas de todas as rosas que encontrassem pela frente. Um caos generalizado.

Separaram-se novamente, disseram que cada um em seu mundo seria melhor. Definiram uma linha, um limite até onde eles poderiam ir e que não ultrapassassem aquela linha.

Não demorou muito, um palhaço sem sua platéia foi até o limite dessa linha que separavam as duas cidades e avistou uma bela apaixonada triste. Ele gritou e pediu para que ficassem bem pertinho do limite da linha que os separavam.

Eles ali pensando que fisicamente, um passo separava suas vidas, mas que não podiam ficar juntos.

Foi quando se olharam nos olhos e decidiram acabar com aquela linha pintada no chão. Ela chamou todos os apaixonados e ele chamou todos os palhaços para o limite da cidade. E gritaram para que todos pudessem ouvir.

_Se uma linha imaginaria nos separam fisicamente. Por que fisicamente não destruímos nossos rancores? Foi quando ela deu um passo e atravessou a linha imaginaria e abraçou e beijou o palhaço nos lábios.

Foi quando um palhaço atravessou a linha e abraçou um apaixonado, e outro, e outro, e outro. Rapidamente quando se percebeu, havia uma multidão sorrindo e cantando. Palhaços colocando suas perucas nas cabeças dos apaixonados e apaixonados declamando versos românticos para palhaços.

E em um cantinho no meio da multidão os dois pombinhos se beijaram. Mas não baixaram nenhum decreto para serem felizes.  Ele e ela só decidiram ficar juntos. E que quem sabe o palhaço não pode ensiná-la a dar cambalhotas, assim ele poderá aprender com ela a semear um jardim inteiro para que ela tenha rosas à vida toda?

E foi assim que o amor e a alegria se juntaram e não se separaram nunca mais.

Vitor…

não espero muita coisa de uma mulher… afinal não pode se esperar nada delas num relacionamento hj em dia… elas são quase q identicas as bundas de nenê (vc nunca sabe o q vai sair de lá) com a única diferença q bunda de nenê não fala e as mulheres falam até demais….

lembro me bem q qndo eu tinha uns 6 anos meu padrinho chegou pra mim um belo dia e disse “Lindão faça q nem seu padrinho tenho 47 e fique solteiro… não case… pois o casamento  é uma relação entre duas pessoas na qual uma está sempre certa e a outra é o marido” hj só nos namoros eu to vendo q isso é verdade

as mulheres são maravilhosas em sua beleza, em muitas são tão estonteantes que chega a nos embebedar com seu glamour e seu charme… só q várias ao simples fato de abrir a boca nos da nojo.. não pelo mal hálito mas sim pela falta de conteúdo… Muitas mulheres são maravilhosas em seu conteúdo alem de sua extravagante beleza… essas são raras… qndo vc achar uma agarre com fé e coragem… mas tome cuidado q qndo a promessa é grande o santo desconfia…. ou ela vai ser uma belo de um traveco ou vai ser aquelas encardidas ciumentas…. Já até pensei em virar gay…. mas conversando com um amigo gay ele me desiludiu… falou q qndo o homem resolve ter os msm gostos de uma mulher eles acabam pegando as manias tbm ..

Então hj só me resta uma coisa…..continuar na busca pela mulher perfeita (q não seja a minha mãe pois ela eu sei q já é) e se caso eu não achar vou ficar com uma linda e sensual mulher brasileira desfrutando de todo o charme, glamour, sensualidade e defeitos q ela tem a oferecer

Luiz…

Estamos a Vida inteira atrás da pessoa perfeita. Da Mulher que aceite flores (e não pense que a gente só faz isso para leva-las para a cama). Que aceite um elogio (e não pense que a gente só faz isso para leva-las para a cama). Que diga o que está realmente pensando (E não queira que a gente tente adivinhar o que ela quis dizer). Que não se importe se você tem mais amigas do que ela (E não fique pensando que você sai com todas elas). Que reconheça e valorize que você fez um esforço tremendo pra ter mais tempo pra ficar com ela (mesmo estando com a agenda lotada). Que seja inteligente, Gentil, Educada, goste de Artes, de Música boa, que fique horas teclando bobeiras com você no MSN mesmo que tenha muitas coisas pra fazer no outro dia. Que diga coisas que só vocês dois entendem. Que pensa que sempre está com a razão, e que tenha muito mais argumentos dos que nós, mas que no final das contas acaba admitindo que nós tínhamos razão. Que confie em você. Que seja diferente de você (mas ao mesmo tempo tão igual) Que tenha gostos um pouco diferentes dos seus, mas acaba te mostrando que o gosto dela também pode ser o seu (E que se elas tiverem argumentos, podemos sim mudar os nossos gostos, e não fazemos isso apenas para agrada-las)

E quando finalmente encontra essa pessoa, hesita em demonstrar os sentimentos, pois já tem plena consciência do que ela vai pensar se você o fizer: “Mais um querendo ficar comigo”

Você então resolve tomar uma atitude. Fazer algo que nunca ninguém fez pra ela. Surpreende-la. Encantata-la. Quebrar esse tabu de que o Homem não consegue expressar os sentimentos. Você faz tudo o que ela espera que você faça (ou pelo menos você pensa que ela espera que você faça). Trata bem. Lembra do Aniversário. Arruma um tempo pra ir vê-la. Passa a conhecer o Universo dela pra ter assuntos pra conversar. Tenta ficar amigo da melhor amiga dela… e BUM!!! Você faz tudo para ser o Príncipe dela e acaba se tornando o Sapo, o Melhor Amigo…Isso sem falar que você fica sendo “Fácil Demais”. Já ouviram a famosa frase: “Gato escaldado em Água Fria, tem medo de Água Quente”. Pois é, referência que elas tem de outros relacionamentos mal sucedidos. Elas, querendo defender a máxima “Homens são todos iguais” acreditam que realmente são. Que só porque um a fez sofrer, todos vão faze-la sofrer!!! É quase a mesma coisa que ter 10 maçãs para comer, e esperar que elas tenham o mesmo gosto. Se você come a primeira, come a segunda, come a terceira, e a quarta está podre, pronto… você não vai mais querer comer maçãs. Mas sem saber que talvez a quinta maçã seja a mais saborosa de todas.

Homens também se apaixonam, e quando isso acontece é mais intenso do que quando acontece com as Mulheres. Homens também se decepcionam com suas paixões, e quando isso acontece é mais intenso do que quando acontece com as mulheres. E quando eles estão se levantando de mais um tombo, finalmente decidem se entregar depois de algum tempo e julgam estar na hora certa de expressar o que realmente sentem. Acabam aceitando as regras das mulheres e entram no seu jogo. E quando elas se cansam, simplesmente mudam as regras… E tudo o que você fez pra se tornar o Príncipe dela se perde. Você continua sendo o Mesmo, mas o jogo mudou. A Princesa mudou.

Você continua sendo o Homem que se apaixonou pela Princesa, mas a Princesa não é mais a Mulher pela qual você se Apaixonou.

Gustavo…

Estamos a vida toda, até agora, em busca de uma pessoa que não sabemos bem como é, mas como não queremos espalhar que não fazemos a menor ideia de como essa pessoa seja, e, em casos mais extremos, nem se isso é uma pessoa, denominamos esse objeto de busca de: pessoa perfeita. Há outros nomes: príncipe encantado, mulher da minha vida, enfim, alucinações, Irmãos Grimm reloaded…

E pra melhorar esse objeto pretendido o enchemos de pré-adjetivos… ela tem de ser inteligente, e bonita, e cheirosa, e gostar disso e não gostar daquilo…. e alguns fazem isso tanto, eu já fiz isso tanto, queremos tantas características unidas em uma só pessoa que em 6 bilhões talvez não sobre uma, ou uma, mas que more na fronteira do Uzbequistão com o Panamá…

Mas um dia, andando pela rua, ou no ônibus, ou na balada, ou… mas que bobagem eu estou falando, isso nunca acontece…

O amor nunca é romântico, ele surge do inesperado, não na rua, não no ônibus… ele surge no sorriso lembrado, na saudade súbita, na vontade aguda de ver algo de novo… e aí, por uma razão que não outra a não ser nossa aposta metafísica dizemos: é essa! Com certeza ela não parece com aquela primeira lá de cima, afinal não é tão magra, mas você também não é, nem é tão esperta, nem você o Bill Gates, não trepa tão bem, você por acaso é o Rocco?… e você se convence, naquele momento, que amor é escolha, muitas vezes inconsciente, mas é escolha, e você nem para pra pensar isso, a não ser quando pedido, e ai escreve um tratado sobre o amor moderno, ou seja, um monte de baboseira que amanhã dirá insensatez, hoje, a verdade sobre as verdades…

Fato que acredito, agora, e só, talvez, não somos peças em um grande quebra-cabeças, e se fomos já nos quebraram os encaixes.

Versão masculina…

Vou unir algumas colocações de amigos sobre a versão feminina! Vamos ver o que tenho pela frente hehehehe 🙂

« Older entries